Mundo: Parentes de passageiros sofrem com desinformação da Malaysia Airlines

Sábado, 08 de março de 2014 - 11h42

Nervosismo e desinformação abalam familiares de passageiros do Boeing 777-200 da Malaysia Airlines. O voo MH 3700 transportava 239 pessoas, sendo 227 passageiros e 12 tripulantes. Pessoas de 14 nacionalidades embarcaram no Boeing da companhia aérea Malaysia Airlines, que saiu de Kuala Lumpur, na tarde de sexta-feira, e deveria aterrissar em Pequim seis horas mais tarde.

Na aeronave havia 153 chineses, 38 malaios, 12 indonésios, 6 australianos, 4 americanos, 3 franceses, 2 neozelandeses, 2 ucranianos, 2 canadenses, um russo, um holandês, um austríaco, um italiano e um cidadão de Taiwan.

Os familiares dos passageiros reclamam da falta de informação da companhia aérea Malaysia Airlines sobre as circunstâncias do desaparecimento do avião e sobre as novidades das operações de busca.

+ Notícias