BandNews TV

Mônica Bergamo: Alckmin é disputado por PT e Bolsonaro para eleições

Rompido com os tucanos, ele teria de escolher entre candidatura ao governo de SP ou ser vice na chapa de Lula

Da Redação, com BandNews TV 26/11/2021 • 11:53 - Atualizado em 26/11/2021 • 13:14

Perto de deixar o PSDB, Geraldo Alckmin é alvo de disputa entre PT e bolsonaristas para as eleições de 2022. Para isso, terá que definir que será vice de Lula, na chapa petista para a presidência, ou se será novamente candidato ao governo de São Paulo com apoio do atual presidente. As informações são da colunista do BandNews TV Mônica Bergamo.

A jornalista destaca que o ex-governador, que rompeu com os tucanos por desentendimentos com a ala de João Doria, está posicionado mais ao centro do espectro político. Alckmin lidera as pesquisas de intenção de voto no Estado de São Paulo. Por isso, passou a ser cortejado tanto por alas da esquerda, quanto da direita pelo apoio no principal colegiado eleitoral do Brasil.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, procurou a base de Alckmin sobre a possibilidade de ele manter sua candidatura em São Paulo. Para isso, a base de Bolsonaro abriria mão de lançar um candidato próprio no estado, o que fortaleceria Alckmin ainda mais para um possível quinto mandato. Em contrapartida, ele não precisaria declarar apoio a Bolsonaro e abriria espaço para um candidato bolsonarista ao Senado em sua chapa.

Bergamo já havia trazido a informação de que Alckmin e Lula poderiam se unir em uma chapa presidencial. Já houve conversas para tentar viabilizar uma aliança com lideranças do PT e PSB.

Vídeo: PSDB se reúne para decidir sobre as prévias