Seminários

Logo do Fórum Bandnews

Palestrantes

Alexande de Moraes

Alexandre de Moraes

Ministro do STF

Graduou-se pela tradicional Faculdade de Direito do Largo de São Francisco/USP, onde também obteve o Doutorado em Direito do Estado e a Livre-docência em Direito Constitucional. É Professor associado da Faculdade de Direito da USP e titular pleno na Universidade Presbiteriana Mackenzie.


Em 1991, foi o primeiro colocado no Concurso do Ministério Público do Estado de São Paulo, tendo sido Promotor de Justiça de 1991 a 2002. Em 2002, aos 33 anos de idade, foi nomeado o mais novo Secretário da Justiça e da Defesa da Cidadania da história do Estado de São Paulo, exercendo o cargo até 2005, quando foi nomeado membro da 1ª composição do Conselho Nacional de Justiça, para o biênio 2005-2007.


De 2007 a 2010, acumulou a titularidade das Secretarias Municipais de Transportes e de Serviços de São Paulo com as Presidências da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) e SPTrans (São Paulo Transportes – Companhia de Transportes Públicos da Capital).


Em 1º de janeiro de 2015, assumiu a Secretaria de Estado da Segurança Pública de São Paulo, tendo exercido as funções até sua posse como Ministro da Justiça. Como Secretário de Segurança Pública, obteve, pela primeira vez na história do Estado, a redução de todos os índices de criminalidade em relação ao ano anterior (2015/2014), e a menor taxa de homicídios por 100 mil habitantes, desde que os índices passaram a ser divulgados, há mais de 20 anos.


Em maio de 2016, assumiu o cargo de Ministro de Estado da Justiça. No exercício do cargo, foi um dos coordenadores da área de inteligência e segurança dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, ocorridos na cidade do Rio de Janeiro (2016).


É autor de diversas obras jurídicas, entre elas, Direito Constitucional, em sua 35ª edição; Constituição do Brasil Interpretada e Legislação Constitucional, Direitos Humanos Fundamentais, Jurisdição Constitucional e Tribunais Constitucionais.


Caio Magri

Caio Magri

Presidente Ethos

Graduado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP), foi gerente de políticas públicas da Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança, além de coordenador do Programa de Políticas Públicas para a Juventude da Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto (SP).


Em 2003 integrou na assessoria especial do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, sob a coordenação de Oded Grajew. Atua no Instituto Ethos desde 2004, quando iniciou como assessor de Políticas Públicas.


Em 2005, tornou-se gerente executivo de Políticas Públicas, em 2014, diretor executivo e em 2017, foi nomeado diretor-presidente do Instituto Ethos. Participa como membro dos conselhos do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da Transparência Pública e Combate à Corrupção-CGU, do Pró-Ética, do Comitê Brasileiro do Pacto Global (CPBG) e da Rede Nossa São Paulo, entre outros.


Fabio Galindo Silvestre

Fabio Galindo Silvestre

Presidente do Conselho Administrativo da Aegea Saneamento

Fabio Galindo Silvestre iniciou sua carreira como promotor de justiça aos 24 anos, quando foi aprovado em primeiro lugar no concurso do Ministério Público do Estado de Minas Gerais.


À época foi considerado o mais jovem promotor do Brasil. Atuou nesta função entre 2004 e 2016. Neste período, foi membro do GNCOC – Grupo Nacional de Combate ao Crime Organizado, participou ativamente de quatro comissões legislativas que elaboraram a legislação de combate ao crime organizado no Brasil: Lei 12.683/12 (Lei de Combate à Lavagem de Dinheiro); Lei 12.846/13 (Lei Anticorrupção Empresarial) Lei 12.850/2013 e Comissão das 10 medidas de Combate à Corrupção (PL 4850/2016 - atualmente em discussão no Congresso Nacional).


Entre 2016 e 2017, atuou com Subcorregedor Nacional do Ministério Público, em Brasília. Nos anos de 2015/2016 foi Secretário Estadual de Segurança Pública do Estado de Mato Grosso.


Galindo é profissional certificado da área de Compliance (Certified Compliance Professional - Legal, Ethics & Compliance - 2018-2020) e membro da SCCE – Society of Corporate Compliance and Ethics, uma associação de abrangência internacional.


No plano da formação executiva, concluiu o PDC - Programa de Desenvolvimento de Conselheiro e GRC - Governança Riscos e Compliance na Fundação Dom Cabral (2018); Curso de Finanças para Executivos (2018) e Curso de Compliance (2016/2018), pelo Insper; cursos de Compliance e Gestão de Riscos Corporativos pelo IBGC Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (2018). Também fez cursos part-time na Universidade de Harvard - Legal Studies, Stanford University - Government e Boston University Legal Risk Management, nos anos de (2017/2018).


Atualmente é Presidente do Conselho Administrativo da Aegea Saneamento.


Marcos Molina

Marcos Molina

Presidente do Conselho de Administração e controlador da Marfrig Global Foods

Marcos Molina é fundador, presidente do Conselho de Administração e controlador da Marfrig Global Foods, atuando diretamente na estratégia da empresa.


Ele acumula experiência de mais de 20 anos no setor de Alimentos, tendo iniciado sua atividade profissional aos 16 anos de idade, quando abriu seu primeiro negócio: uma empresa distribuidora de alimentos.


Desde a constituição da Marfrig, Marcos Molina atua de maneira ativa com clientes-chave da Companhia, estreitando relacionamentos comerciais de escopos nacional e internacional, os quais possibilitam o desenvolvimento e a evolução de processos industriais e de qualidade, visando a superar as expectativas frente ao cenário global.


Marcos também faz um acompanhamento no desenvolvimento e seleção dos executivos da Marfrig no comitê de Recursos Humanos.


Philipp Schiemer

Philipp Schiemera

Presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina

Philipp Schiemer, 55 anos, assumiu como presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina em junho de 2013. Formado em Administração de Empresas pela University of Cooperative Education de Stuttgart, na Alemanha, o executivo atua há mais de 20 anos no setor automotivo.


Em sua função, Philipp Schiemer é responsável por todas as operações da Empresa, que é a maior fabricante de veículos comerciais da América Latina, e concentra a produção dos motores, câmbios e eixos utilizados nos produtos.


Ao longo de seu período na Presidência, o Plenário da Câmara aprovou diversas medidas com impacto na área social, na reestruturação das contas públicas e na geração de empregos, como a medida provisória que reformou o ensino médio, a PEC que definiu um teto para os gastos públicos, a reforma trabalhista, a regulamentação da terceirização e a renegociação das dívidas dos estados.


Trabalhando no Grupo Daimler desde 1987, o executivo já foi gerente de Vendas, sendo responsável pela área de Desenvolvimento da Rede de Concessionários e assistente da diretoria de Vendas.


Rodrigo Maia

Rodrigo Maia

Deputado Federal e Presidente da Câmara dos Deputados

O deputado federal Rodrigo Maia foi reeleito presidente da Câmara dos Deputados para o período 2019-2021 no dia 1º de fevereiro de 2019, depois de ocupar o cargo por mais de dois anos, a partir de julho de 2016.


Ele venceu a disputa pela Presidência da Casa em primeiro turno, recebendo 334 votos, com uma proposta alinhada à retomada do crescimento econômico e ao equilíbrio fiscal, a partir da aprovação de reformas estruturais para o Estado brasileiro, como a da Previdência. Em outubro, Rodrigo Maia foi reeleito para exercer seu sexto mandato de deputado federal pelo Estado do Rio de Janeiro.


Ao longo de seu período na Presidência, o Plenário da Câmara aprovou diversas medidas com impacto na área social, na reestruturação das contas públicas e na geração de empregos, como a medida provisória que reformou o ensino médio, a PEC que definiu um teto para os gastos públicos, a reforma trabalhista, a regulamentação da terceirização e a renegociação das dívidas dos estados.


Rodrigo Maia tem 49 anos e iniciou sua carreira política aos 26 anos, como o mais jovem secretário de governo da Prefeitura do Rio. Antes de entrar para a política, trabalhou por sete anos no mercado financeiro. Rodrigo é filho do ex-prefeito e vereador do Rio de Janeiro, Cesar Maia. É casado, pai de três meninas e dois meninos.


Wagner  Rosário

Wagner Rosário

Ministro da CGU

Wagner de Campos Rosário é ministro da Controladoria-Geral da União (CGU) desde 13 de junho de 2018, tendo atuado como ministro substituto de junho de 2017 a junho de 2018. Graduado em Ciências Militares pela Academia das Agulhas Negras e mestre em Combate à Corrupção e Estado de Direito pela Universidade de Salamanca, na Espanha, também já atuou como Oficial do Exército.


Natural de Juiz de Fora (MG), Wagner Rosário é auditor Federal de Finanças e Controle desde 2009. Tornou-se o primeiro servidor de carreira da CGU a assumir o cargo de secretário-executivo e ministro da Pasta. No órgão de controle interno do Governo Federal, trabalhou também na área de Operações Especiais, responsável por investigações conjuntas de combate à corrupção, em articulação com a Polícia Federal, ministérios públicos (Federal e Estadual) e demais órgãos de defesa do Estado.


Escreveu trabalhos, como a tese “O papel do controle interno na luta contra a corrupção, com ênfase na investigação conjunta desenvolvida no Brasil e na Espanha”, publicada em 2016.

Logotipo do Grupo Bandeirantes

Rua Carlos Cyrillo Jr, 92 - São Paulo - SP